O Chamado para a Vocação

Existe uma grande diferença entre o que buscamos em uma profissão, e quando seguimos nossa vocação com ela. Ter uma profissão é quando nos comprometemos em ter um compromisso com algo. Já a vocação é como se fossemos chamado para algo maior, ou seja, estamos a serviço de muitos.

Assim, ao longo da vida buscamos uma profissão que nos realize que esteja junto com nossa vocação. Então para percebermos se estamos nesse caminho é preciso olhar como nos relacionamos com a vida. Nossa mãe tem uma ligação direta em como lidamos com nossa profissão. Deste modo caminhamos com nossa profissão assim como recebemos a vida de nossa mãe.

Quando chega a hora de escolher uma profissão devemos perceber para quem estamos a serviço, pois como nossa mãe, quando fomos gerados, ela estava a serviço de algo maior. E assim devemos perceber essa mesma essência.

Da mesma maneira que recebemos a vida de nossa mãe, recebemos o retorno de nossa carreira. Se tenho raiva da minha mãe, pois me senti rejeitada por ela ou sentia sua ausência, trabalho então para a raiva, e assim acabo recebendo menos do que queria, sempre me falta algo.

Aquela sensação de que sempre recebia da minha mãe menos do que eu queria, acaba se repetindo na minha profissão, pois certamente, recebo menos do que deveria da vida e do trabalho.

Com isso quando olhamos para nossa mãe e percebemos quando ela estava gravida quanto risco ela correu para assim nos dar a vida e perceber que isso é servir a algo muito maior começamos a tomar isso para nossa carreira com prosperidade.

E quando temos dificuldades de seguir a nossa essência ficamos o tempo todo reclamando, presos em julgamentos e não conseguimos perceber o que realmente nos é importante.

Muitas profissões que escolhemos tem a ver com algo que está relacionado em nosso sistema familiar, algum conflito que não foi resolvido. Com isso optamos por determinada profissão para tentar resolve-lo.

Da mesma forma quando pessoas trabalham orientadas só para satisfazer seu Ego, ou então para agradar seus pais, ou então seguir com uma empresa familiar, mesmo não querendo isso.

O que você, ou o seu sistema familiar não resolveu dentro dele você vai ter que resolver dentro de sua carreira ou sua empresa. Sempre a mesma dinâmica familiar vai se repetir até ser resolvida.

Portanto seguir com nossa carreira junto com nossa vocação é seguir para a prosperidade, é servir a vida para algo maior. E só podemos perceber esse caminho quando aceitamos do jeito que nos foi dado à vida por nossa mãe, quando tomamos a mãe como ela é. Nessa postura estamos prontos para servir a vida e para o sucesso.

Rate This Article:
No comments

leave a comment